O que é Internet das Coisas: Saiba como utilizar esse conceito em sua estratégia!

Internet das coisas é algo estratégico que se refere a conexão digital de diversos aparelhos eletrônicos. Hoje em dia, esse modelo é utilizado como um meio de coletar e transmitir dados para a sociedade em geral.

notebook apoiado a uma mesa internet das coisas

Pois é, esse tema, que é tão discutido hoje em dia por milhares de empresas, e que é considerado pelo mercado, uma inclusão de complexidade.

Pode ter ficado um pouco confuso e não ter feito sentido para algumas pessoas, mas…

Hoje vamos fala sobre do que se trata a tão querida Internet das Coisas e como ela está presente na nossa sociedade.

Então vamos lá?

O que é Internet das Coisas?

mulher usando o notebook com a tela desligada internet das coisas

Basicamente, a Internet das Coisas são conexões entre dispositivos eletrônicos, computadores e sensores interligados pela web, com a intenção de facilitar a vida humana.

Chamados de “dispositivos inteligentes”, eles podem e na real já servem para as soluções inovadoras ao redor de todo o mundo.

Ou seja, a velocidade com que as aplicações da IOT cresce, melhora cada vez mais o relacionamento de sociedade e tecnologia.

Esse fator, está sendo considerado um dos pontos mais fortes para essa mudança comportamental das pessoas.

Então em geral, isso reúne uma grande variação de pontos e problemas da sociedade que estão pendentes.

E esses mesmos podem ser supridos com o uso a tecnologia ao lado. 

Hoje, são feitos muitos produtos e serviços para o uso dessa estratégia digital.

Além disso, a procura é altamente qualificada nos ramos de negócios e setores governamentais.

Resumindo, quem descobre a real força dessas inovações, já está se antecipando para viver cada dia mais moderno e atual.

Como a Internet das Coisas impacta na vida das pessoas?

grupo de pessoas usando celulares internet das coisas

É fato que a cada dia que passa, nos tornamos mais conectados.

Por isso, esse tema começou a se tornar um dos assuntos mais falados atualmente e todos esses holofotes não parecem ser em vão.

Desde o inicio do uso da tecnologia, a inovação de coisas que pareciam não ser possíveis de se aplicar, ganhou força, quebrou essas barreiras e cresce a cada dia.

Porém, apesar da grande atenção que a Internet das Coisas tem nos dias de hoje, podemos afirmar que muitos produtos ainda são de uma leva antiga.

Ou seja, muitos produtos criados para serem monitorados remotamente tem um preço acima da média.

Com serviços e produtos já inclusos no mercado, a IOT, vem se tornando um conceito que tem cada vez mais fácil análise.

As novidades desse novo processo da tecnologia são:

Aplicação generalizada:
As barreiras de vigilância automatizadas que existem, estão a cada dia que passa, deixando de existir, ou se reformulando.

Equipamentos técnicos:
Aparelhos como computadores e sensores, diminuíram de tamanho e aumentaram sua eficiência.

Uso de armazenamento em nuvem:
Potencializa o crescimento da IOT, e de outros serviços que dia após dia, se fortifica no ramo.

Em geral, a sociedade se sente mais confortável e segura com a modernidade que surgiu em seus produtos e serviços. Fornecendo aquela confiança a mais, na hora de realizar uma compra.

Como funciona a Internet das coisas?

imagem de um computador em uso

Mesmo que você nunca tenha ouvido falar sobre esse conceito até hoje, com certeza você já fez o uso de algum aparelho eletrônico que tenha esta tecnologia.

Para criar, projetar e oferecer suporte é preciso que as áreas essenciais que potencializam o produto estejam em sintonia, sendo elas as áreas de desenvolvimento e o marketing.

Então, para a criação de um produto conectado, temos que seguir o caminho mais básico e direto possível, que é:

Desenvolvedor:
Quem cria um produto desejado pelo cliente e que esteja equipado com sensores de conversão de eventos do mundo real.

Ativador:
Concede a conectividade remota necessária para uma conexão de ponta, entre o produto e o sistema.

Intensificador:
Ele entra no processo para analisar os dados gerados e direcionar as melhores tomadas de decisões possíveis.

Cases de sucesso

Confira a lista que separamos para você conhecer melhor, algumas empresas e marcas que utilizam da Internet das Coisas em seus serviços e produtos:

1 – Airbiquity

logo Airbiquity

Com sede em Washington, o objetivo dessa organização é, desenvolver, implantar e apoiar o gerenciamento de programas de carros conectados para clientes.

Essa empresa é responsável por disponibilizar atualizações e serviços de gerenciamento de dados para os Carros.

2 -Dash:

Câmeras Dash

Criado em Nova York, esse aplicativo funciona como um meio de coletar dados. Contém uma variedade de sensores que são interconectados ao seu veículo.

Esse aplicativo pode indicar em tempo real, o status do veículo e a necessidade de manutenção do mesmo.

3 – Insteon:

logo insteon

Esse é outro aplicativo de sucesso no ramo, com sede em Los Angeles, Califórnia.

Pois bem, esse programa foi criado para controlar aparelhos eletrodomésticos e iluminações de residências.

Hoje, esse aplicativo já disponibiliza mais dados como:

  • Conferir se as janelas e portas da residência, estão fechadas ou abertas;
  • Verificar vazamentos de água;
  • Procurar possíveis sinais de fumaça;
  • Entre outras inúmeras funções.

Como utilizar a Internet das coisas?

um boneco utilizando um notebook

Por último mas não menos importante, preparamos dicas que podem te ajudar na preparação e atualização sobre esse assunto.

Use-a a seu favor, e saia na frente fazendo a diferença!

A Techno Motion já utiliza diversas ferramentas da IOT e vamos deixar aqui, algumas dicas para você:

Dicas para empresas:

Pois bem, saiba configurar um gateway voltado a IOT, para conseguir gerenciar os diversos dispositivos e sensores que acessam a rede.

Com isso, será possível identificar o que estaria acessando a rede, e direcionar o aparelho para o lugar mais apropriado.

Realize também, um trabalho que garanta a capacidade de rede e a largura de banda necessária.

Com isso, a quantidade de tráfego na rede tende a aumentar.

Outro ponto considerado uns dos mais importantes no mundo dos negócios, são os dados.

Então, prepare sua rede para armazenamento de Big Data, pois os dados na IOT tem tamanhos variados e valores diferentes para cada função.

Dicas para o seu negócio:

Primeiramente, busque estar antenado em notícias, portais, e sites que falam sobre as atualidades da tecnologia e seu futuro.

Hoje em dia o mercado digital é considerado imenso se for comparado a épocas passadas.

Procure também, realizar pesquisas sobre experiências do mundo digital, isso vai te fazer entender melhor e tirar suas próprias conclusões sobre o assunto.

 

E aí, curtiu nosso blog post sobre a Internet das Coisas (IoT)?
Então deixe seu comentário aqui para a gente e até a próxima!

Gostou? Compartilhe:
Veja outros posts:
Fique por dentro das novas tendências de tecnologia que só a Techno Motion traz para você e aproveite para conhecer o nosso blog
Copyright 2020 © Techno Motion – www.technomotion.com.br – contato@technomotion.com.br
Ao navegar neste site, você aceita os cookies que usamos para melhorar sua experiência. Mais informações.